Homem é baleado no aeroporto de Nova Orleans após atacar guardas

Um homem identificado pelo nome de Richard White foi baleado várias vezes, após borrifar inseticida no rosto de funcionários do Aeroporto Internacional de Nova Orleans e tentar atacar os guardas com um facão nesta sexta-feira.

AE, Estadão Conteúdo

21 Março 2015 | 08h08

Richard White, de 62 anos, caminhou até um posto de controle no local, pegou uma lata de inseticida e começou a borrifar o veneno contra funcionários do aeroporto e passageiros que estavam em fila, disse o xerife de Jefferson Parish, Newell Normand. Em seguida, ele puxou um facão da cintura e começou a golpear o ar com a arma. Um funcionário bloqueou o facão com mala enquanto White corria através de um detector de metal, disse Normand.

Depois de passar pelo detector, White passou a perseguir uma funcionária do aeroporto quando uma agente de segurança sacou sua arma. White continuou a balançar o facão enquanto ela se aproximava, então três tiros foram disparados, atingindo-o no rosto, peito e perna, disse Normand. Um agente da Administração de Segurança de Transporte também foi atingido no braço por uma bala.

White ainda estava vivo e passava por cirurgia em um hospital, disse Normand.

Normand disse que os investigadores estavam tentando determinar o que White estava fazendo no aeroporto. O policial disse que não parecia que ele estava tentando entrar em um avião.

Mais tarde, autoridades encontraram o carro de White do lado de fora do terminal e estavam vasculhando-o, disse o policial John Fortunato. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
eua violência aeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.