1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Hong Kong: 780 mil pessoas votam em referendo

Agência Estado

29 Junho 2014 | 15h 53

Mais de 780 mil pessoas votaram em um referendo informal para garantir maior democracia para Hong Kong. Finalizada neste domingo, a votação teve como objetivo garantir maior influência de Hong Kong na escolha do seu próximo líder, em 2017, e faz parte de uma campanha de ativistas, que tentam pressionar as autoridades por uma reforma democrática.

Com aproximadamente 7,2 milhões de habitantes, Hong Kong passou do controle britânico para o chinês em 1997, com a promessa de que teria maior autonomia sob o princípio "um país, dois sistemas".

O governo de Pequim prometeu permitir que os cidadãos de Hong Kong elejam seu próximo líder, em 2017, mas líderes chineses insistem que todos os candidatos devem ser escolhidos por um comitê de Pequim, o mesmo que tem definido os líderes da região desde o fim do controle britânico.

Após o fim do referendo neste domingo, organizadores informaram que 787,767 mil pessoas votaram nos últimos 10 dias. Os eleitores, que foram obrigados a fornecer seus números de identidade, votaram online, por meio de um aplicativo de smartphone, ou nas assembleias de voto.

Em comunicado, o governo de Hong Kong disse que o referendo não tem efeito legal. Fonte: Associated Press.