Identificado 2º caso de antraz pulmonar em Washington

O serviço público de saúde de Washington informou que um segundo funcionário do Correio norte-americano está hospitalizado com infecção pela bactéria antraz contraída por inalação. Outro funcionário da mesma agência de Correio, em Brentwood, havia sido identificado domingo como vítima de antraz pulmonar. Quando contraída pela via respiratória, a bactéria antraz é considerada muito mais perigosa do que nos casos de infecção cutânea, mais comuns. Segundo o médico Ivan Walks, do serviço de saúde de Washington, os dois pacientes estão hospitalizados no mesmo local, em Virgínia. Walks também disse que as mortes recentes de dois funcionários do Correio da área de Washington estão sendo investigadas para verificar se foram causadas por antraz. Em um dos casos, exames de sangue preliminares indicam que o antraz pode ter sido a causa da morte. No outro caso, não há amostras de sangue disponíveis, mas "seu histórico clínico é muito suspeito", afirmou Walks. Leia o especial

Agencia Estado,

22 Outubro 2001 | 16h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.