Felipe Trueba/EFE
Felipe Trueba/EFE

Incêndio ameaça cidades de Valparaíso e Viña del Mar no Chile

Alerta vermelho provocou a retirada de 7 mil pessoas da região

Reuters e Estadão Conteúdo

14 Março 2015 | 09h07

SANTIAGO - Um incêndio afetou nesta sexta-feira, 13, a região das cidades portuárias chilenas de Valparaíso e Viña del Mar, o que provocou a declaração de um alerta vermelho na área e a retirada de 7 mil pessoas, disseram autoridades. Imagens de televisão mostravam grandes chamas em áreas de vegetação perto das localidades turísticas da costa central do Chile.

"Este incidente tem um avanço rápido, que começa no setor mais elevado do porto", disse a jornalistas o chefe do Escritório Nacional de Emergência (Onemi), Ricardo Toro. "Não irá chover na área e haverá temperaturas elevadas, então um estado de alerta vermelho será mantido por todo o dia", afirmou o vice-secretário do Interior do Chile, Mahmud Aleuy. O fogo se espalha com a ajuda dos fortes ventos, o que tem forçado moradores de locais próximos a abandonar suas casas.

A autoridade destacou que dois caminhões dos bombeiros foram afetados, deixando três agentes do resgate feridos.

O incêndio vitimou indiretamente uma mulher de cerca de 60 anos, que sofreu uma parada cardíaca devido ao incidente. Outras 21 pessoas ficaram feridas, incluindo 15 bombeiros, cinco dos quais ficaram gravemente feridos mas não correm risco de morte, segundo o governo.

A temporada de verão austral provocou vários incêndios na zona centro-norte do maior produtor mundial de cobre. No ano passado, um incêndio afetou a cidade costeira de Valparaíso, deixando um saldo de 15 mortos e milhares de casas destruídas. / Atualizada às 15h30.

Mais conteúdo sobre:
chile incendio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.