Incêndio em um dos prédios mais altos da Venezuela

Quatro andares de um dos edifícios mais altos da Venezuela e sede de vários ministérios, localizado no centro da capital, se incendiaram na madrugada de hoje. Segundo o chefe dos bombeiros de Caracas, Rodolfo Briceño, a causa do fogo ainda não foi determinada. De acordo com ele, 25 bombeiros foram afetados por inalação de gases tóxicos, mas ninguém ficou ferido. O incêndio começou na torre leste do complexo de dois edifícios Parque Central e atingiu quatro pisos, do 34º ao 38º. O prédio tem 54 andares. Segundo Briceño, o sistema de bombeamento de água não funcionou adequadamente, e os bombeiros tiveram dificuldade para apagara o fogo. "O edifício não obedecia às normas próprias de extinção de incêndio", disse ele.

Agencia Estado,

17 Outubro 2004 | 12h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.