AFP PHOTO/AtonChile/ Lorena Ulloa
AFP PHOTO/AtonChile/ Lorena Ulloa

Incêndio destrói 10 casas e deixa 4 feridos em Valparaíso, no Chile

Autoridades evacuaram cerca de 100 pessoas e decretaram alerta vermelho na região

O Estado de S. Paulo

09 Outubro 2015 | 13h29

SANTIAGO - Um incêndio em um dos morros que formam a cidade portuária de Valparaíso, no Chile, destruiu na quinta-feira cerca de 10 casas e obrigou as autoridades chilenas a decretarem o alerta vermelho na área e a ordenarem a evacuação das residências próximas.

A Oficina Nacional de Emergências disse que o incêndio já foi controlado. “Como resultado preliminar, 30 pessoas foram afetadas, 4 ficaram feridas, 100 foram evacuadas e 10 casas foram destruídas”, informou o organismo ao decretar a retirada do alerta.

O fogo começou por volta das 20h30 locais (mesmo horário de Brasília) no morro Arrayán de Valparaíso, que fica a 120 quilômetros a oeste de Santiago, um local de construções leves e altamente inflamáveis.

O local é de difícil acesso em razão da inclinação do morro. Cerca de 20 unidades dos bombeiros, pessoal de apoio da polícia e equipes de emergência lutavam contra as chamas em condições precárias.

O prefeito da cidade, Jorge Castro, declarou a uma rádio local que uma "grande quantidade de famílias foi afetada".

Em abril de 2014, Valparaíso foi cenário de um gigantesco incêndio que atingiu 12 bairros da cidade, formada por encostas e morros que circundam a baía.

No acidente, considerado o maior incêndio urbano da história do Chile, 15 pessoas morreram, 500 ficaram feridas, 12.500 foram afetadas e quase 3 mil casas ficaram destruídas. /EFE e AFP

Mais conteúdo sobre:
Chile Valparaíso incêndio evacuação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.