1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Indicado a premiê na Coreia do Sul desiste do cargo

AE - Agência Estado

24 Junho 2014 | 00h 21

O indicado a primeiro-ministro da Coreia do Sul retirou o nome para consideração após ser duramente criticado por declarações favoráveis ao Japão.

A presidente Park Geun-hye havia nomeado o ex-jornalista Moon Chang-keuk para substituir o atual primeiro-ministro, que ofereceu a renúncia para se responsabilizar pelo desastre do ferry, em abril, quando mais de 300 pessoas morreram ou desapareceram.

O nome de Moon foi duramente criticado na mídia por declarações passadas de que o domínio japonês na península coreana ocorreu pela vontade de Deus. O Japão colonizou a Coreia do Sul entre 1910 e 1945, e muitos sul-coreanos ainda apresentam forte ressentimento contra eles.

Em coletiva de imprensa, Moon explicou que seus comentários foram reproduzidos fora de contexto, mas que mesmo assim irá se retirar da nomeação para não representar mais um fardo político a Park. A nomeação teria que ser aprovada pela Assembleia Nacional.

A primeira indicação de Park para o cargo de primeiro-ministro também desistiu no mês passado. Fonte: Associated Press.