Irã diz que responderá a ataque de Israel e dos EUA

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, declarou nesta terça-feira que seu país vai revidar qualquer ataque realizado pelos Estados Unidos ou por Israel, elevando as tensões no Ocidente sobre o programa nuclear iraniano.

AE, Agência Estado

20 Março 2012 | 13h09

"Nós dissemos que não temos armas atômicas e não vamos construir nenhuma. Mas se houver ataque de nossos inimigos, independentemente dos Estados Unidos ou do regime sionista, vamos atacar no mesmo nível que eles nos atacarem", disse ele em discurso ao vivo, transmitido pela televisão, para marcar o início do ano novo iraniano.

Khamenei, que falou da cidade de Mashhad, no oeste do país, disse que o Irã tem o direito divino de retaliar, caso seja atacado.

"O Corão diz que se qualquer inimigo atacar você primeiro, o inimigo certamente será derrotado", disse ele. "Esta é a lei de Deus. Não estamos pensando em atacar ou em agredir, mas estamos ligados à existência de uma identidade para a república islâmica." As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Irã ataque EUA Israel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.