Toru Yamanaka/AFP
Toru Yamanaka/AFP

Irã é o maior apoiador do terrorismo, diz secretário de Defesa dos EUA

Washington impôs sanções ao país do Oriente Médio após Teerã testar míssil balístico

O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2017 | 04h24

TÓQUIO - O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, defendeu a nova rodada de sanções ao Irã e afirmou neste sábado, 4, que a república islâmica é o país que mais apoia o terrorismo.

"No que diz respeito ao Irã, é o maior Estado apoiando o terrorismo no mundo", afirmou o chefe do Pentágono durante visita ao Japão. Ele disse ainda que não vê necessidade em reforçar o número de militares norte-americanos no Oriente Médio.

"Não é nada bom ignorar isto. Nem tampouco negá-lo. Porém, ao mesmo tempo, não vejo a necessidade de aumentar o número de soldados que temos no Oriente Médio. Isto não está dentro de nossos planos atuais. Temos a capacidade fazê-lo, porém não creio que seja necessário", afirmou.

Nesta sexta-feira, 3, o presidente norte-americano, Donald Trump, impôs sanções contra o Irã e seu programa de mísseis. A república islâmica contestou, anunciando que atuaria de maneira "recíproca".

Deste modo, Trump cumpriu com sua ameaça de endurecer a postura de Washington ante Irã sem, contudo, anular o acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano, assinado em 2015 por seu predecessor Barack Obama.

Mattis faz viagem à Ásia desde quinta-feira, 2. Ele visitou a Coreia do Sul e o Japão, afim de repactuar com os dois aliados a aliança militar para proteção da região. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.