Assine o Estadão
assine

Internacional

Ir

Irã inaugura nova usina de conversão de urânio

O Irã inaugurou neste sábado uma nova usina para transformar um tipo de urânio em um material que não pode ser usado para fabricar armas nucleares como parte de seu acordo atômico interno com outros países, afirmou a agência de notícias oficial Irna.

0

Estadão Conteúdo

23 Agosto 2014 | 08h17

Segundo um comunicado da Irna, o diretor da agência nuclear do Irã, Ali Akbar Salehi, afirmou que a usina converterá hexafluoreto de urânio, que pode ser usado para fabricar armas nucleares e combustível. O material será transformado em dióxido de urânio, que pode ser utilizado apenas em reatores nucleares, acrescentou. "O processo começou e nós implementamos nosso compromisso", acrescentou Salehi, de acordo com a Irna.

A planta está localizada na cidade iraquiana de Isfahan, informou a agência. O Irã tem uma usina de energia nuclear no porto de Bushehr, que foi ligada em 2011.

Em novembro, o Irã aceitou limitar seu enriquecimento de urânio em troca pela diminuição de parte das proibições impostas pelo Ocidente. O Irã e os poderes mundiais estão negociando agora um acordo final, cujo prazo final em novembro.

O Ocidente teme que o programa nuclear do Irã possa permitir que o país fabrique armas atômicas. O Irã disse que seu programa tem propósitos pacíficos, como geração de energia e pesquisa médica. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre: