1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Irã rejeita em reunião com ONU conversa sobre mísseis

Estadão Conteúdo

17 Agosto 2014 | 12h 01

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, afirmou em encontro com o chefe da agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para questões nucleares que o país não aceita discutir seu programa de mísseis de longo alcance. A informação foi dada pela imprensa oficial do país.

"O poder de mísseis do Irã não é negociável em nenhum nível ou sob qualquer pretexto", disse Rouhani ao chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, segundo reportou o serviço de notícias IRNA.

O presidente informou, porém, que o Irã está preparado para cooperar com a sondagem sobre se o programa nuclear do país tem ou não um componente militar, escreveu a agência. O ocidente teme que o programa nuclear do Irã possa permitir a construção de armas nucleares. O Irã diz que seu programa tem propósitos pacíficos como a geração de energia e pesquisas médicas.

Amano também se encontrou com o ministro de Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, e o chefe da agência nuclear iraniana, Ali Akbar Salehi. Salehi disse que eles discutiram a explosão de detonadores que podem ser usados para disparar bombas nucleares, mas também têm aplicações civis.

Já Amano, segundo a IRNA, avaliou que "a tendência das conversas com o Irã no último ano tem sido progressiva e positiva". Ele acrescentou, porém, que a agência se preocupa com o passo lento das conversas e disse esperar que as questões possam ser resolvidas "num espaço de tempo lógico". Fonte: Associated Press.