Iraque instala seu Conselho de Governo

O Conselho de Governo iraquiano realizou neste domingo sua primeira reunião, um passo considerado fundamental para a democracia no País. O primeiro ato dos seus 25 integrantes foi declarar que o dia 9 de abril, quando Saddam Hussein foi deposto, será feriado nacional no Iraque. Também foi anunciado que foram eliminados do calendário nacional outras seis festas onde eram celebradas o antigo regime. O anúncio foi realizado por Mohammed Bahr al-Uloum, um dos integrantes do Conselho, que leu a declaração inaugural. ?A criação deste conselho representa a vontade nacional depois do colpaso do regime ditatorial?, afirmou, sob aplausos. Também foi estabelecido que as principais prioridades serão segurança, reativação da economia, a redação da nova Constituição e a convocação de uma eleição geral. Feriados extintos no Iraque 8 de fevereiro Tomada do poder pelo partido Baath, em 1963 7 de abril Fundação do partido Baath, em 1947 17 de abril Comemoração de vitória militar iraquiana durante a guerra Irã-Iraque, em 1987 28 de abril Aniversário de Saddam 17 de julho Retorno do partido Baath ao poder, em 1968 8 de agosto Fim da guerra Irã-Iraque, em 1988 Feriado criado 9 de abril Queda de Bagdá e do regime de Saddam Hussein A maioria dos integrantes do Conselho é formada por xiitas, que representam 60% dos 24 milhões de iraquianos, que sofreram durante o regime de Saddam. Até hoje os xiitas nunca tinham governado o País. Os novos líderes iraquianos, alguns vestidos com trajes tradicionais árabes, outros com vestes religiosas ou paletó e gravata, sentaram-se em um semicírculo, no centro de convenções da cidade. O administrador da ocupação Paul Bremer, foi uma das autoridades que acompanharam a cerimônia. O brasileiro Sergio Vieira de Mello, que representa as Organização das Nações Unidas (ONU) no Iraque, avaliou que a instalação do Conselho é um importante passo para o povo iraquiano reconquistar sua soberania. Ele disse que o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, assumiu o compromisso da organização permanecer no País pelo tempo que for necessário. Muitos dos membros do Coselho se manifestaram a favor dos Estados Unidos, durante a realização de uma conferência de imprensa. Outros criticaram os canais de televisão árabes e a BBC de Londres, por considerarem as coberturas feitas sobre a guerra favoráveis a Saddam. Os 25 integrantes do Conselho foram eleitos depois de mais de dois meses de consultas, que resultaram em intensas negociações nos últimos dias. Fazem parte do grupo o líder do Conselho Nacional do Iraque, Ahmad Chalabi; Abdel-Aziz al-Hakim, do Conselho Supremo para a Revolução Islâmica; e o ex chanceler Adnan Pachachi. ?O lançamento do Conselho de Governo significa que os iraquianos têm o papel mais importante na condução do seu País?, afirmou Paul Bremer em discurso feito à televisão iraquiana. ?Representará a diversidade do Iraque, não importando se é xiita, sunita, árabe ou curdo, homem ou mulher, todos estarão representados?. O Conselho antecede a Assembléia Constitucional, que terá um ano para elaborar a nova Constituição do Iraque. Depois será convocado um referendo para que os cidadãos aprovem o texto. Em seguida, serão convocadas eleições, segundo previsões das autoridades norte-americanas. Membros do Conselho de Governo do Iraque Ahmad Chalabi Presidente do Congresso Nacional do Iraquexiita Abdel-Aziz al-Hakim líder do Supremo Conselho para a Revolução Islâmica xiita Ibrahim al-JaafariPartido Islâmico Dawaxiita Naseer al-ChaderchiPartido da Democracia Nacionalsunita Jalal TalabaniUnião Patriótica do Curdistãosunita curdo Massoud Barzani Paritdo Democrata do Curdistãosunita curdo Iyad Allawi líder do Acordo Nacional do Iraque xiita Ahmed al-Barakativista de direitos humanosxiita Adnan Pachachiex-ministro de Relações Exterioressunita Aquila al-Hashimiespecialista em comércio exteriorxiita Raja Habib al-Khuzaaifemale, diretora de hospital maternidade no sul do Iraquexiita Hamid Majid MoussaPartido Comunistaxiita Mohammed Bahr al-Ulloumclérigo de Najafxiita Ghazi Mashal Ajil al-Yawer chefe tribal do norte do paíssunita Mohsen Abdel HamidPartido Islâmico do Iraquesunita Samir Shakir Mahmoud sunita Mahmoud Othman sunita curdo Salaheddine Bahaaeddin União Islâmica do Curdistãosunita curdo Younadem Kana   cristão assírio Mouwafak al-Rabii   xiita Dara Noor Alzinjuiz  Sondul ChapoukTurkoman  Wael Abdul Latifgovernador de Basraxiita Abdel-Karim Mahoud al-MohammedawiHezbollah de Amaraxiita Abdel-Zahraa Othman MohammedPartido Islâmico Dawaxiita

Agencia Estado,

13 Julho 2003 | 12h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.