1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Israel pode fazer mais ataques na Síria, diz premiê

AE - Agência Estado

23 Junho 2014 | 12h 52

O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, advertiu nesta segunda-feira às partes em conflito na Síria que será usada força adicional contra qualquer tentativa de aquecer as tensões com Israel, horas depois de a força aérea israelense realizar uma série de ataques aéreos na Síria, em resposta a um ataque mortal na fronteira.

Netanyahu disse que Israel responderia com mais força ainda se houver novos ataques contra o seu país. "Na noite passada, nós operamos com grande força contra alvos sírios que atuaram contra nós, e, se necessário, vamos usar a força adicional", disse ele aos membros de seu partido. "Vamos continuar a lutar com força contra quem nos ataca ou tenta nos atacar."

O Exército de Israel disse que os ataques aéreos atingiram nove alvos na vizinha Síria. O governo sírio admitiu a ofensiva e um grupo ativista disse que os ataques aéreos mataram ao menos dez soldados e destruiu um centro do comando do exército.

No domingo, forças sírias atacaram um veículo civil na área das Colinas de Golã controlada por Israel, matando um garoto de 14 anos e ferindo outras duas pessoas. Este foi o incidente mais sério ocorrido na região desde o início da guerra civil na Síria, segundo Lerner. Fonte: Associated Press.