Fahad Shadeed/Reuters
Fahad Shadeed/Reuters

Israel se prepara para protesto árabe no 'Dia da Terra'

Comemoração marca uma greve que ocorreu em 30 de março de 1976 contra um projeto israelense que pretendia desapropriar terras de palestinos

AE, Agência Estado

29 Março 2012 | 14h39

JERUSALÉM - As autoridades de Israel disseram que milhares de policiais e soldados fizeram os últimos preparativos para uma série de protestos programados pelos palestinos e árabes israelenses para sexta-feira, 30, os quais deverão ocorrer em Israel, na Cisjordânia, e também nas fronteiras dos países árabes com Israel, como parte do "Dia da Terra", um protesto anual organizado por ativistas palestinos contra a política de terras do governo de Israel.

Para os árabes israelenses e palestinos, o Dia da Terra marca uma greve que ocorreu em 30 de março de 1976 contra um projeto do governo de Israel que pretendia desapropriar terras de palestinos. Os árabes fizeram uma greve geral que foi violentamente reprimida, deixando pelo menos seis mortos.

O porta-voz da polícia de Israel, Mike Rosenfeld, disse que a segurança foi reforçada no final da tarde desta quinta-feira, pela hora local. Várias unidades policiais foram enviadas a partes diferentes do país.

 

Os militares de Israel também se disseram prontos para "qualquer eventualidade" e farão "o que for necessário" para proteger as fronteiras.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.