"Janela para paz" em Faluja está fechando, diz Allawi

O primeiro-ministro do Iraque, Ayad Allawi, disse que seu governo está na "fase final" dos esforços para uma dar uma resolução pacífica para a situação em Faluja, cidade dominada apor rebeldes. Ele avisou que "nossa paciência está acabando" e que "a janela para uma acerto pacífico está se fechando". Tropas americanas preparam-se para um grande ataque contra a cidade, um baluarte de resistência ao governo provisório e à presença de tropas estrangeiras no Iraque. Os EUA afirmam ainda que o líder terrorista Abu Musab al-Zaraqwi, que recentemente fez uma declaração de lealdade a Osama bin Laden, dirige suas operações a partir de Faluja.

Agencia Estado,

31 Outubro 2004 | 11h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.