Jornalista brasileiro é libertado pelo governo do Irã

O jornalista brasileiro Renan Antunes de Oliveira preso ontem no Irã, quando tentava atravessar a fronteira com o Afeganistão, foi liberado na manhã de hoje. Antunes foi obrigado a entregar um laptop e a máquina fotográfica. Agora ele está indo para Teerã, de onde seguirá para o Dubai, livre. Houve uma intervenção da Embaixada brasileira em Teerã para a sua libertação. Ele tentava atravessar ilegalmente a fronteira para o Afeganistão. Renan Antunes Oliveira é correspondente da Gazeta do Povo, de Curitiba. Leia o especial

Agencia Estado,

31 Outubro 2001 | 10h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.