Jornalistas furam esquema de segurança de aeroportos

Apesar de a segurança ter sido reforçada em todo o território norte-americano, repórteres do jornal Daily News, de Nova York, passaram despercebidos nos postos de controle dos aeroportos levando facas, navalhas e tesouras. Em reportagem publicada hoje, os repórteres mostram que levaram objetos em 12 empresas aéreas comerciais durante a semana passada. Um repórter levou uma navalha semelhante à usada por um dos terroristas que seqüestraram um dos aviões que atacaram a torre do Word Trade Center. Outro jornalista despistou a segurança do aeroporto e entrou com spray de pimenta, faca de cozinha e tesouras. Os repórteres levaram os itens perigosos em vôos originários de Nova York, Boston e Washington, exatamente nos mesmos aeroportos onde os terroristas iniciaram os planos do atentado com o seqüestro dos aviões. A Administração de Aviação Federal diz que vai investigar como os repórteres conseguiram driblar a segurança dos aeroportos. Leia o especial

Agencia Estado,

07 Outubro 2001 | 19h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.