Manifestantes enfrentam policiais na China com pedras

Tumulto começou após o fechamento de um mercado na província de Yunnan, sul do país

Efe,

23 Novembro 2009 | 03h28

Mais de mil manifestantes enfrentaram a pedradas a Polícia de Kunming, no sul da China por causa do fechamento de um mercado local, informa nesta segunda-feira, 23, o jornal oficial China Daily.

 

Os distúrbios ocorreram no sábado passado quando mais de mil pessoas bloquearam um rua central da cidade, capital da província de Yunnan, em sinal de protesto pelo fechamento do mercado.

 

O relato policial assegurou que no momento no qual as forças de segurança começaram a dissolver os manifestantes, estes responderam com pedras e tijolos, em um lance que terminou com a detenção de 25 pessoas.

 

"Detivemos estas pessoas porque seu comportamento perturbou a ordem social. Agora estão sendo investigados", declarou Yao Zhihong,porta-voz da Polícia de Kunming, acresentando que vários agentes ficaram feridos no conflito.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.