Manifestantes tailandeses oferecem cessar-fogo

A liderança dos camisas vermelhas, um grupo de manifestantes anti-governamentais tailandeses, disse no domingo que está pronta para negociar com o governo, na condição de o exército pôr fim à operação para cercar os milhares de camisas vermelhas entrincheirados há cinco semanas no centro comercial da capital.

AE-AP, Agência Estado

16 Maio 2010 | 09h21

O governo "deve declarar um cessar-fogo e uma retirada imediata dos militares" antes de qualquer acordo, acrescentou Nattawut Saikua, um dos líderes do movimento. Ele acrescentou que, assim, a liderança dos camisas vermelhas também vai retirar os manifestantes das ruas. Desde quinta-feira pelo menos 25 pessoas foram mortas em conflitos entre manifestantes e o exército.

Mais conteúdo sobre:
Tailândia política manifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.