Muçulmanos e hindus entram em confronto na Índia

A violência explodiu hoje no Estado indiano de Bihar quando ativistas hindus e muçulmanos se enfrentaram com bombas e incendiaram lojas, informou a polícia. Os choques começaram quando vários hindus que protestavam contra o terrorismo em Patna, capital estadual, tentaram queimar uma foto de Osama bin Laden, principal suspeito dos ataques terroristas de 11 de setembro nos EUA. Indignados, muçulmanos apedrejaram os manifestantes hindus, dando início a um conflito com armas e bombas improvisadas. pelo menos uma dezena de lojas foram incendiadas antes que a polícia pudesse conter a luta. Não há informações de feridos.

Agencia Estado,

13 Outubro 2001 | 16h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.