Kantaro Saki/Kyodo News via AP
Kantaro Saki/Kyodo News via AP

Navios-fantasmas da Coreia do Norte assombram o Japão

Barcos norte-coreanos levam apenas cadáveres

O Estado de S.Paulo

30 Novembro 2017 | 21h41

Em meio à crescente tensão sobre o avanço da capacidade nuclear do regime de Kim Jong-un, um mistério tem intrigado as autoridades do Japão: os “navios fantasmas” da Coreia do Norte. Mais de 40 barcos norte-coreanos com corpos humanos em decomposição foram encontrados na costa japonesa este ano. 

Coreia do Norte miniaturizou ogivas nucleares, diz relatório dos EUA

O último, localizado na segunda-feira nas águas de Akita, no noroeste do Japão, carregava oito esqueletos. A embarcação de madeira foi encontrada por uma mulher de 68 anos, que notificou às autoridades a respeito do barco, aparentemente de pesca, que flutuava sem rumo. 

Além das ossadas, os investigadores japoneses encontraram pistas que apontam para a origem da embarcação: um maço de cigarros vazio de uma marca popular na Coreia do Norte e coletes salva-vidas com palavras escritas em coreano. Não ficou claro quanto tempo o último “navio fantasma”, de 7 metros, ficou à deriva antes de chegar à costa japonesa ou quando morreram as pessoas que estavam a bordo. 

A embarcação não possuía mastro ou equipamentos de navegação e tinha avarias no motor. Dois dias antes, de acordo com a imprensa japonesa, os restos de um outro barco de madeira e dois corpos foram encontrados na Ilha de Sado, também no litoral noroeste do Japão. / REUTERS e WP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.