1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Netanyahu: Hamas terá de pagar por morte de jovens

AE - Agência Estado

30 Junho 2014 | 16h 36

O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que o grupo militante Hamas irá pagar um preço muito alto pela morte de três adolescentes sequestrados na Cisjordânia.

Israel anunciou nesta segunda-feira que encontrou os corpos dos três adolescentes perto da vila de Halhul, culminando no fim de uma frenética busca de duas semanas. O estado judeu acusa o Hamas de estar por trás do sequestro.

Em um comunicado, Netanyahu declarou que o "Hamas é responsável, e o Hamas irá pagar". Ele disse que os adolescentes "foram sequestrados e assassinados a sangue frio por animais selvagens".

Netanyahu estava reunido com seu gabinete de segurança para discutir uma resposta ao caso.

Desde 12 de junho, quando Naftali Fraenkel, Gilad Shaar e Eyal Yifrah desapareceram nas proximidades do assentamento de Alon Shvut, Israel acusava o Hamas de ter sequestrado os adolescentes e lançou grandes ações que levaram à detenção de 300 palestinos, acusados de serem ativistas do grupo militante islâmico.

A ofensiva contra o Hamas levou tropas israelenses de volta ao centro de cidades palestinas em toda a Cisjordânia pela primeira vez desde 2002 e foi acompanhada por um súbito aumento da violência na fronteira entre a Faixa de Gaza e o Sul de Israel. Pelo menos quatro palestinos foram mortos em confrontos com forças israelenses envolvidas na ofensiva.

O desaparecimento dos adolescentes provocou tensões políticas entre o presidente palestino, Mahmoud Abbas, e o Hamas. Abbas condenou o sequestro e disse que ele era uma ameaça aos interesses palestinos, ordenando que suas forças de segurança ajudassem Israel nas buscas aos garotos, medida que foi condenada pelo Hamas. Fonte: Associated Press.