Netanyahu pede retomada das negociações de paz

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, pediu hoje a retomada imediata das conversações de paz com os palestinos e prometeu mais passos para melhorar as condições econômicas nos territórios palestinos. "Eu acredito que não existe tempo a perder; precisamos nos movimentar em direção à paz com um sentido e finalidade de urgência", disse Netanyahu, em discurso à Federação Judaica da América do Norte.

AE-AP, Agencia Estado

09 Novembro 2009 | 21h04

Netanyahu reiterou a uma assembleia de grupos judaicos sua visão de que as negociações de paz deveriam recomeçar sem pré condições. Ele não fez nenhuma nova proposta para conter os assentamentos judaicos na Cisjordânia. Os funcionários palestinos insistem que Israel precisa congelar a expansão dos assentamentos antes da retomada das negociações de paz.

"Eu quero deixar isso claro: minha meta não é ter negociações sem fim. Minha meta é alcançar um tratado de paz permanente entre Israel e os palestinos", afirmou. Hoje, Netanyahu tem um encontro agendado na Casa Branca com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Mais conteúdo sobre:
Israel Palestina paz Netanyahu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.