1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Nigéria: explosão mata 56, diz grupo civil

AE - Agência Estado

01 Julho 2014 | 21h 04

Um carro-bomba em um mercado em Maiduguri, no nordeste da Nigéria, cidade que é o berço do grupo extremista Boko Haram, matou pelo menos 56 pessoas na terça-feira, informou o líder de um grupo de civis que recuperou os corpos.

Sadiq Abba Tijjani, líder da Força Tarefa Conjunta Civil, disse que seu grupo recuperou pelo menos 56 cadáveres no local da explosão, principalmente mulheres mais velhas que vendiam amendoim e suco de limão no mercado.

Tijjani disse que conseguiu identificar 21 dos mortos, mas o restante sofreu queimaduras ou ferimentos "além do ponto em que era possível fazer o reconhecimento".

Outras testemunhas também estimaram o número de mortos em cerca de 50. Funcionários do governo haviam relatado 17 mortes na explosão.

Testemunhas e autoridades atribuíram a violência aos extremistas do Boko Haram, acusados de uma série de ataques a bomba recentes no país. Fonte: Associated Press.