No Caribe, Ida volta à condição de tempestade tropical

A depressão tropical Ida, que na quinta-feira foi classificada como furacão, voltou à condição de tempestade, com ventos de até 72 quilômetros por hora. O Ida vem se movendo na região do Caribe e pode passar pela Costa do Golfo dos Estados Unidos na semana que vem. O fenômeno chegou à Nicarágua na quinta-feira ainda na condição de furacão antes de se enfraquecer e provocar chuvas na América Central. Milhares de pessoas tiveram de evacuar a região caribenha do país e 80% das moradias do povoado de Karawala foram destruídas, segundo autoridades. Não houve registro de mortos.

AE-AP, Agencia Estado

07 Novembro 2009 | 09h45

No dia seguinte, a tempestade voltou para o mar, onde levanta água e se fortalece aos poucos. As previsões do tempo sinalizam, até o momento, que o Ida se encaminhará para a região de Cancún, no México, no início da próxima semana, direcionando-se depois para a Costa do Golfo dos EUA. Na manhã de hoje, a tempestade se localizava a cerca de 215 quilômetros a nordeste de Honduras de Limón e se movimentava na direção norte a cerca de 13 km/h.

Mais conteúdo sobre:
tempestade furacão tempestade Ida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.