Novo rei do Camboja é coroado

O ex-bailarino Norodom Sihamoni, de 51 anos, foi coroado hoje como o novo rei do Camboja, o primeiro em 50 anos, em uma luxuosa cerimônia que marcou o fim do reinado de um dos governantes da Ásia com maior tempo no poder. Sihamoni, que até poucas semanas atrás era pouco conhecido, inclusive em seu país, orou entre as estátuas de seus antepassados no Salão do Trono do Palácio Real antes de fazer seu juramento. Ele foi eleito por uma grupo de líderes políticos e religiosos para suceder a seu pai, Norodom Sihanuk, que abdicou há três semanas alegando problemas de saúde. Em um comunicado distribuído depois a cerimônia, Sihamoni disse que hoje foi o dia de maior esperança da história do Camboja e de sua vida. ?Estou muito comovido em ter a oportunidade de dedicar minha força mental e física e minha inteligência para servir a nação e seguir com a tradição de gloriosas vitórias de meu pai?, disse também o novo rei.

Agencia Estado,

29 Outubro 2004 | 10h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.