Novos tremores no Japão. Número de mortos chega a 25

Sete potentes seqüelas sísmicas foram registradas no noroeste do Japão na manhã desta segunda-feira. Ontem e sábado, dois fortes terremotos atingiram o país, provocando a morte de pelo menos 25 pessoas e deixando dois mil feridos. Cerca de 98 mil japoneses estão alojados em abrigos de emergência. Um dos tremores desta segunda teve medição preliminar de 5,6 graus na Escala Richter. Os outros seis sismos menores foram registrados no decorrer da noite. A Agência Meteorológica do país adverte para a possibilidade de novos tremores na região. O terremoto de sábado foi o pior a afetar o Japão desde 1995, quando um tremor de 7,2 graus matou mais de 6 mil pessoas na cidade de Kobe e arredores. Milhares de pessoas estão sem água encanada e luz elétrica. O abastecimento de gás também foi interrompido. As autoridades japonesas trabalham para sanar a falta de alimentos e entregar cobertores à população.

Agencia Estado,

25 Outubro 2004 | 01h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.