1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Obama encontra papa Francisco no Vaticano e discute combate à pobreza

O Estado de S. Paulo

27 Março 2014 | 07h 33

Presidente americano ofereceu uma cesta de sementes ao pontífice para o jardim do Vaticano

(Atualizada às 9h17) VATICANO - O presidente americano, Barack Obama, e o papa Francisco, se encontraram pela primeira vez nesta quinta-feira, 27, no Vaticano. Obama presenteou o pontífice com uma cesta de sementes de frutas e vegetais plantadas no jardim da Casa Branca. O presente foi escolhido depois de Francisco anunciar que abriria os jardins de sua residência de verão ao público. O encontro entre os dois durou 52 minutos.

"É uma grande honra. Sou um grande admirador. Muito obrigado por me receber", disse o presidente americano ao papa argentino, o primeiro latino-americano da história a liderar a Igreja Católica.

Em entrevista ao diário Corriere Della Sera, Obama destacou a importância do combate à pobreza, um tema que, segundo assessores, foi o foco principal de sua reunião com Francisco. "Nos Estados Unidos, nas últimas décadas, temos visto um crescimento da diferença entre ricos e pobres", disse. Mas esse não é só um problema americano, e sim de diversos problemas. Não é uma questão econômica, é um problema social."

Ao chegar ao Vaticano, Obama e sua delegação foram guiados pela Guarda Suíça até os aposentos do papa, onde foram recebidos por Francisco. Os dois líderes então trocaram um caloroso aperto de mãos.

O secretário de Estado americano, John Kerry, que é católico e participa da comitiva, disse ser "um grande admirador da obra de Francisco pela Igreja".

Obama é o nono presidente americano a visitar um papa. Em 2009 ele se reuniu com o antecessor de Francisco, Bento XVI, num encontro marcado pela diferença entre os dois líderes sobre o tema do aborto. Desta vez, questões morais devem ficar de fora da agenda. / AP e REUTERS