1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Obama janta em 'paladar' na véspera de encontro com empreendedores

- Atualizado: 21 Março 2016 | 11h 14

Presidente americano comeu no restaurante privado San Cristóbal, um dos negócios que se multiplicam em Havana; nesta segunda ele se reúne com 'cuentapropistas' e com o líder cubano Raúl Castro

HAVANA - Em sua primeira noite em Havana, o presidente Barack Obama jantou no paladar San Cristóbal, um dos negócios particulares que se multiplicam em Havana. Nesta segunda-feira, 21, ele voltará a interagir com o setor privado de Cuba, em um fórum no qual falará a cerca de cem empreendedores locais.

O San Cristóbal foi criado há cerca de cinco anos por Carlos Cristóbal Marquez, que vive com sua família no andar acima do restaurante. Ainda existem vários limites para a expansão de empreendimentos privados em Cuba, que são restritos a apenas 204 atividades, entre as quais não estão a de profissionais liberais, como advogados e arquitetos, nem setores relacionados à tecnologia da informação.

Mesa do paladar San Cristóbal, onde Obama jantou com a família na primeira noite em Cuba

Mesa do paladar San Cristóbal, onde Obama jantou com a família na primeira noite em Cuba

Além disso, as regras em vigor limitam o crescimento das pequenas empresas. Os restaurantes, por exemplo, não podem ter mais do que 50 lugares. Para contornar a restrição, alguns empreendedores obtêm mais de uma licença em nome de diferentes familiares.

O governo americano vê o nascente setor privado como um dos motores de mudanças em Cuba e defende que as restrições sejam reduzidas. Chamados oficialmente de cuentapropistas (trabalhadores por conta própria), muitos dos que se aventuraram em empreendimentos particulares são na verdade pequenos empresários, como o dono do San Cristóbal. Mas a grande maioria ainda se dedica ao trabalho manual autônomo, prestando serviços de encanamento, eletricidade ou pequenos consertos.

Obama começará o dia com uma cerimônia de oferenda de flores no Memorial José Martí (1853-1895), um herói da independência de Cuba. Em seguida, ele se encontrará com o presidente Raúl Castro no Palácio da Revolução. À noite, o líder americano e a primeira-dama Michelle Obama serão recebidos no mesmo lugar em um jantar oferecido pelo dirigente cubano.

Os acordos entre EUA e Cuba desde a retomada das relações diplomáticas
Reuters
15 de fevereiro de 2015 - Fábrica

EUA aprovam a construção de uma fábrica americana em Cuba. A permissão foi concedida pela administração Obama à empresa Cleber LLC, formada por dois ex-engenheiros de software do Estado do Alabama

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em InternacionalX