OMS: poluição do ar mata 7 milhões de pessoas por ano

A poluição do ar mata cerca de 7 milhões de pessoas em todo o mundo a cada ano, revelou relatório da Organização Mundial de Saúde publicado nesta terça-feira.

AE, Agência Estado

25 Março 2014 | 12h41

A OMS destacou que a poluição do ar é a causa de uma em cada oito mortes e se tornou agora o maior risco ambiental à saúde dos seres humanos. Um dos principais riscos desse tipo de poluição é de que pequenas partículas se infiltrem nos pulmões, causando irritação. Cientistas também suspeitam que a poluição do ar pode ser uma das causas de inflamação no coração, causando problemas crônicos ou ataques cardíacos.

A agência da ONU estimou que ocorreram cerca de 4,3 milhões de mortes em 2012 causadas por poluição do ar em ambientes fechados, a maioria de pessoas que cozinham dentro de casa usando fogões a lenha e carvão na Ásia. As mortes por poluição do ar externa totalizaram 3,7 milhões em 2012, das quais cerca de 90% ocorreram em países desenvolvidos. Mas a OMS assinalou que muitas pessoas estão expostas à poluição tanto em ambientes fechados como abertos.

O relatório apontou ainda níveis maiores de exposição em mulheres do que homens em países em desenvolvimento. "Mulheres e crianças pobres pagam um preço alto por poluição dentro de ambientes fechados, já que passam mais tempo em casa respirando fumaça e fuligem de fogões a lenha e carvão com vazamentos", disse Flavia Bustreo, diretora-geral adjunta da OMS para saúde de famílias, mulheres e crianças, em comunicado. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Oms poluição ar mortes relatório

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.