Otan pode passar controle de distrito a afegãos em 2010

As forças lideradas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) podem começar a entregar o controle de alguns distritos às tropas afegãs no ano que vem, afirmou hoje o secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen. "Nós realmente acreditamos que a entrega (do controle) pode começar já no próximo ano em alguns distritos do Afeganistão". Segundo ele, isso ocorrerá conforme a capacidade das forças locais evoluir.

AE-AP, Agencia Estado

12 Novembro 2009 | 13h19

Falando após um encontro com o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, Rasmussen demonstrou apoio ao pedido do comandante das tropas dos Estados Unidos no país, general Stanley McChrystal, por mais soldados. O próprio Brown, porém, tem enfrentado muitas críticas em seu país pelo crescente número de mortes de soldados em território afegão.

O presidente dos EUA, Barack Obama, está avaliando o pedido de McChrystal para enviar mais 40 mil soldados no ano que vem. Rasmussen disse que espera essa decisão para as próximas semanas. Ele ressaltou que concorda em linhas gerais com a visão do general norte-americano, mas não tomou uma decisão final sobre os números exatos de tropas.

Brown se comprometeu em princípio a ampliar as forças britânicas dos atuais 9 mil soldados para 9.500. O envio do reforço, porém, ficou mais complicado após as denúncias de fraude generalizada nas eleições que reelegeram o presidente afegão, Hamid Karzai. O secretário-geral da Otan ressaltou que o combate à corrupção é crucial para o apoio do Ocidente.

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão Otan controle 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.