Padre católico é morto a tiros no Paquistão

Homens armados invadiram na manhã de hoje a casa de um padre católico no leste do Paquistão e o mataram a tiros, informou a polícia. Ninguém assumiu imediatamente responsabilidade pelo assassinato do padre George Ibrahim em Ranala Kot, uma pequena vila cerca de 300 km ao sul da capital, Islamabad. Ninguém foi detido. Ibrahim havia recebido diversas ameaças de morte, segundo Shahbaz Bhatti, líder da Aliança das Minorias Paquistanesas. A ameaças estavam aparentemente relacionadas à devolução para a Igreja católica de uma escola, como parte de um programa do governo provincial de Punjab de privatização de estabelecimentos de ensino que haviam sido nacionalizados.

Agencia Estado,

05 Julho 2003 | 15h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.