Kirsty Wigglesworth / Pool via Reuters
Kirsty Wigglesworth / Pool via Reuters

Cirurgia fará pai de Meghan Markle perder casamento da filha, diz site

Mais cedo, o mesmo site havia noticiado que Thomas Markle tinha pedido autorização dos médicos que o tratam por problemas cardíacos para levar sua filha ao altar no sábado

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2018 | 17h08
Atualizado 15 Maio 2018 | 19h22

LOS ANGELES - O pai da ex-atriz americana Meghan Markle será submetido a uma cirurgia cardíaca e não poderá comparecer ao casamento, no sábado, 19, da filha com o príncipe Harry, noticiou nesta terça-feira, 15, o site TMZ, especializado em celebridades.

Mais cedo, o mesmo site havia noticiado que Thomas Markle tinha pedido autorização dos médicos que o tratam por problemas cardíacos para levar sua filha ao altar. Ele informou que voltou a ser internado em razão de uma dor no peito depois de sofrer um ataque cardíaco na semana passada. Segundo ele, os médicos asseguraram que seu coração está com "sérios problemas". 

+ Correio britânico lança selos do casamento do príncipe Harry e Meghan

+ Uma mestiça na realeza britânica após 257 anos

Mas ele garantiu ao TMZ que, se os médicos autorizassem, ele arriscaria sua saúde voando para a Inglaterra para acompanhar sua filha no Castelo de Windsor no sábado.  No entanto, nesta quarta-feira, explicou, ele terá de ser submetido a uma cirurgia para "desobstruir" suas artérias, "reparar os danos e instalar um stent onde é necessário". 

"Eu odeio a ideia de perder um dos maiores momentos da história e levar minha filha ao altar", declarou. Thomas Markle também observou que perdeu um telefonema de sua filha na segunda-feira e, em seguida, recebeu uma mensagem de texto dizendo que ela o amava e estava preocupada com sua saúde.

O site TMZ não informou se Thomas estava nos Estados Unidos ou no México, onde reside. O palácio de Kensington, residência oficial do príncipe Harry, anunciou na segunda-feira que Meghan Markle estava passando por "um momento profundamente pessoal", sem confirmar a ausência do pai, anunciada pela imprensa pouco antes. / AFP

 

 

Mais conteúdo sobre:
Meghan Markle

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.