AFP PHOTO / Vincenzo PINTO
AFP PHOTO / Vincenzo PINTO

Papa pede resposta global à crise na Síria e 'que a justiça prevaleça'

O líder católico apelou às forças notórias da política para promover mais justiça e conclamou o povo a se unir pelas causas

O Estado de S.Paulo

15 Abril 2018 | 09h02

O papa Francisco afirmou ter ficado "profundamente perturbado" pelo o que ele qualifica como fracasso da comunidade internacional em elaborar uma resposta comum à crise na Síria e em outras partes do mundo. O papa falou um dia após os ataques aéreos de Estados Unidos, França e Reino Unido contra locais da Síria usados, supostamente, para a fabricação de armas químicas. 

O pontífice disse, após sua tradicional bênção de domingo, no Vaticano, que, "apesar dos instrumentos disponíveis para a comunidade internacional, é difícil concordar com uma ação comum para a paz na Síria ou em outras regiões do mundo".

+++ No Chile, papa Francisco pede perdão às vítimas de abusos sexuais

+++ Papa pede que eleição na Venezuela seja solução para crise no país

O líder da Igreja Católica pediu a união de "todas as pessoas de boa-vontade" nas orações pela paz. Além disso, apelou às lideranças políticas para ajudar "a justiça a prevalecer". /Associated Press

Mais conteúdo sobre:
Papa Francisco Vaticano [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.