Keith Bedford/Reuters
Keith Bedford/Reuters

Papa receberá presidente iraniano em novembro

Encontro será no dia 14; última visita oficial de um presidente iraniano ao Vaticano foi em 1999, quando Mohammad Khatami encontrou João Paulo II

O Estado de S. Paulo

22 Outubro 2015 | 18h17

O presidente iraniano, Hassan Rohani, será recebido pela primeira vez pelo papa Francisco, no dia 14, anunciou nesta quinta-feira, 22, um porta-voz do Vaticano. A visita de Rohani, religioso moderado eleito em junho de 2013, vai acontecer durante uma viagem diplomática do presidente do Irã à Itália.

A Santa Sé saudou o acordo alcançado em julho entre o Irã e as grandes potências sobre o programa nuclear iraniano, e Francisco reconheceu diante da ONU os esforços que conduziram a este acordo em uma região em crise. 

Em fevereiro, ele havia recebido no Vaticano o vice-presidente iraniano, Sahindokt Molaverdi. A última visita oficial de um presidente iraniano ao Vaticano foi em 1999, quando Mohammad Khatami encontrou João Paulo II.

No Irã, é proibida a conversão ao cristianismo, mas uma pequena minoria de católicos orientais continua a desfrutar de liberdade de culto. Para o Vaticano, as relações com Teerã são mais fáceis do que com vários Estados sunitas do Golfo, onde as liberdades dos cristãos são limitadas.

Além disso, o Irã e a Santa Sé mantém uma colaboração científica: em janeiro, um simpósio islâmico-cristão sobre astronomia foi organizado pelo Observatório do Vaticano em Castel Gandolfo, perto de Roma. / AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.