Paquistão diz ter assumido controle de reduto do Talebã

Porta-voz militar afirma que cidade na fronteira com o Afeganistão foi 'limpa de terroristas'.

BBC Brasil, BBC

02 Novembro 2009 | 13h42

O Exército paquistanês anunciou nesta segunda-feira que assumiu o controle total de um importante reduto do Talebã na região do Waziristão do Sul, na fronteira com o Afeganistão, como parte da ofensiva que começou em 17 de outubro.

Segundo um porta-voz militar, a cidade de Kaniguran foi "limpa de terroristas", minas e bombas improvisadas após uma revista casa a casa.

De acordo com os militares paquistaneses, cinco caminhões de explosivos foram encontrados na cidade, que é reduto também de um grupo separatista uzbeque.

A correspondente da BBC na cidade paquistanesa de Rawalpindi, Orla Guerin, diz que "apesar da grande operação nos territórios do Talebã no Wazaristão do Sul, é claro que os militantes permanecem capazes de atacar".

Contra-ataques

Uma série de atentados assumidos pelo Talebã, e que mataram mais de 300 pessoas em diferentes áreas do Paquistão, é apontada como uma reação dos militantes à recente ofensiva das forças paquistanesas.

A cidade de Rawalpindi, vizinha da capital Islamabad, foi alvo de um grande atentado nesta segunda-feira.

A polícia afirma que dois homens-bomba em uma motocicleta detonaram seus explosivos em uma rua movimentada, matando mais de 30 pessoas e deixando cerca de 60 feridos.

Na cidade de Lahore, a segunda maior do Paquistão, outros dois homens-bomba detonaram seus explosivos nesta segunda-feira e feriram pelo menos sete pessoas.

A violência fez a ONU anunciar ainda nesta segunda-feira que está retirando seus funconários estrangeiros do noroeste do Paquistão. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
paquistão talebã waziristão uzbeque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.