Alexsey Druginyn/Reuters
Alexsey Druginyn/Reuters

Partido governista da Rússia confirma que Putin é candidato à presidência

Premiê, que já havia antecipado candidatura em setembro, é favorito para vencer eleições

Agência Estado

14 Outubro 2011 | 20h21

MOSCOU - O partido governista da Rússia confirmou formalmente nesta sexta-feira, 14, que o primeiro-ministro do país, Vladimir Putin, será seu candidato a presidente nas eleições de março de 2012. "A Rússia Unida propõe seu líder, o líder do partido Vladimir Vladimirovich Putin, para o cargo de presidente da Rússia".

 

Veja também:

blog VISÃO GLOBAL: Por que o pessimismo com Putin?

 

O comunicado apenas sacramenta o que o próprio Putin anunciou em 24 de setembro, durante um congresso do partido Rússia Unida, no qual ele anunciou que buscaria um terceiro mandato de presidente, após o fim do governo de Dmitry Medvedev.

 

Sob mudanças constitucionais promovidas pelo próprio Medvedev, o qual foi acusado pela oposição de mudar a lei para favorecer Putin, o mandato presidencial na Rússia passou de quatro a seis anos.

 

Isso significa que se Putin for eleito em 2012, ele poderá se candidatar novamente à reeleição em 2018 e caso vença ficaria no poder até 2024, se tornando o líder em Moscou a ficar mais tempo no poder desde o ditador soviético Josef Stalin. Putin está atualmente com 59 anos. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Rússia política Putin Medvedev Europa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.