Stephane Mahe/Reuters
Stephane Mahe/Reuters

Pesquisas mostram empate entre Sarkozy e Hollande

Duas pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais francesas foram publicadas nesta terça-feira, 27

AE, Agência Estado

27 Março 2012 | 18h06

PARIS - Duas pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais francesas foram publicadas nesta terça-feira, 27, e ambas indicam que existe empate técnico entre o presidente Nicolas Sarkozy, candidato da União por um Movimento Popular (UMP), de centro-direita, e o candidato do Partido Socialista (PS), François Hollande, de esquerda. Se nenhum candidato obtiver mais de 50% dos votos em 22 de abril, ocorrerá segundo turno em 6 de maio.

A pesquisa feita pelo Instituto Ipsos entre os dias 23 e 24 de março mostrou que 28% dos eleitores votariam em Hollande se as eleições fossem hoje, enquanto 27,5% votariam em Sarkozy. Hollande perdeu 0,5 ponto porcentual, enquanto a intenção de voto em Sarkozy permaneceu estável. A intenção de voto na candidata da Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, da extrema-direita, cresceu 1 ponto porcentual, para 16%, enquanto o candidato centrista Françoius Bayrou perdeu 1,5 ponto porcentual e caiu para 11,5%.

O candidato da extrema esquerda francesa, Jean Luc-Melenchon, continua a ganhar terreno, conquistou 1,5 ponto porcentual e está agora com 13% das intenções de voto. A pesquisa entrevistou 978 pessoas.

Já a pesquisa da Harris Interactive, feita entre 22 e 26 de março, indica que 28% dos eleitores votariam em Sarkozy se as eleições fossem hoje, enquanto 27% votariam em Hollande. A pesquisa indica que Sarkozy ultrapassou Hollande nas intenções de voto em comparação à última sondagem, feita entre 15 e 19 de março, quando Hollande tinha 28% e Sarkozy estava com 27%.

 

A pesquisa da Harris entrevistou 1.231 pessoas e foi feita durante e logo após o cerco de 32 horas a Mohamed Merah, um extremista islâmico de 23 anos que matou sete pessoas e foi morto pela polícia francesa em Toulouse no dia 24. Ela indica que a exposição de Sarkozy durante o sangrento episódio pode ter aumentado a popularidade do presidente.

 

Mas como a sondagem da Ipsos, a da Harris indica que Jean Luc-Melenchon foi o candidato que mais avançou, ganhando 2 pontos porcentuais para 13% das intenções de voto. Marine Le Pen ficou estacionada em terceiro lugar com 17% das intenções de voto.

As duas pesquisas indicam que se o segundo turno fosse hoje, Hollande venceria Sarkozy. Curiosamente, nas duas pesquisas, o candidato do PS teria 54% dos votos, enquanto o presidente teria 46%.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.