Piora estado de saúde de Yasser Arafat

A saúde do presidente da Autoridade Palestina (AP), Yasser Arafat, de 75 anos, piorou sensivelmente e durante a madrugada desta quinta-feira (horário local). Arafat encontra-se em situação crítica, de acordo com as agências internacionais e a imprensa israelense. Médicos e altos funcionários da Autoridade Palestina ouvidos pela Associated Press disseram que ele varia entre períodos conscientes e inconscientes. Uma equipe internacional de médicos foi chamada às pressas. Desde a semana passada, Arafat vem sendo examinado por vários especialistas. Oficialmente, a AP mantém a versão de que ele se recuperava de uma forte gripe e sentia mal-estar por causa de um enorme cálculo biliar. Mas a imprensa israelense especula que o líder palestino esteja com câncer no estômago ou intestinos. Os principais dirigentes palestinos foram convocados para uma reunião na sede do governo em Ramallah, na Cisjordânia, onde Arafat está confinado há dois anos e dez meses por Israel. As forças de segurança da AP foram postas em ?alerta máximo?. Pouco depois, a TV árabe Al-Jazira informou que ?Arafat assinou um decreto nomeando um comitê de três pessoas para substituí-lo num momento em que está para submeter-se a uma cirurgia?: o primeiro-ministro Ahmed Korei, o vice líder da Organização de Libertação da Palestina (OLP), Mahmud Abbas, e o presidente do Parlamento da OLP no exílio, Salim al-Zaanoun.

Agencia Estado,

27 Outubro 2004 | 23h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.