EFE/EPA/VALDA KALNINA
EFE/EPA/VALDA KALNINA

Polícia britânica revista avião russo e agrava tensão com Moscou

Segundo o Reino Unido, ação é praxe no país; embaixada russa diz que ato foi uma provocação e revela a política hostil de Londres

O Estado de S.Paulo

31 Março 2018 | 12h35

LONDRES - Uma operação de busca da polícia britânica em um avião russo em um aeroporto londrino anunciada neste sábado, 31, causou indignação na Rússia em plena crise diplomática entre os dois países.

+ Em retaliação a países ocidentais, Rússia expulsa mais 59 diplomatas

"É comum para a Border Force efetuar revistas a bordo de aviões para proteger o Reino Unido contra o crime organizado e quem tenta passar com substâncias nocivas como drogas ou armas ao país", declarou o secretário de Estado de segurança, Ben Wallace. "Uma vez realizados os controles, o avião foi autorizado a prosseguir sua viagem", acrescentou em comunicado.

A embaixada da Rússia em Londres havia denunciado na sexta-feira 30 a revista, por parte das autoridades britânicas, de uma aeronave da companhia russa Aeroflot, que ia de Moscou para Londres, e chamou o ato de "violação das normas em vigor".

+ Rússia diz que testou com sucesso novo míssil balístico intercontinental

Para a embaixada, o caso foi uma "nova e flagrante provocação das autoridades britânicas", reflexo da "política hostil" de Londres em relação à Rússia.

A revista ocorre em um contexto de grande tensão entre Moscou e Londres juntamente com países ocidentais em razão do envenenamento, com um agente neurotóxico de concepção militar soviético, do ex-espião russo Sergei Skripal, e de sua filha Yulia, na Inglaterra no começo de março. / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.