1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Polícia chinesa apreende 30 mil toneladas de pés de frango contaminados

REUTERS

26 Agosto 2014 | 08h 33

A polícia chinesa apreendeu mais de 30.000 toneladas de pés de galinha, comum em cardápios de restaurantes na China, por estarem contaminados, no mais recente escândalo alimentar no país.

Autoridades prenderam 38 pessoas envolvidas na venda dos pés de galinha em várias províncias, incluindo a de Zhejiang, no leste do país, informou a agência oficial de notícias Xinhua nesta terça-feira.

As prisões ocorreram após fiscalização em nove fábricas de fornecedores das províncias vizinhas de Jiangsu, Anhui, Henan e Guangdong, disse a Xinhua, acrescentando que a polícia constatou que excesso de peróxido de hidrogênio foi adicionado à carne.

A China tem sido abalada por uma série de escândalos alimentares de grande dimensão, envolvendo desde leite em pó contaminado com melamina química industrial à reutilização de "óleo recolhido do lixo" para cozinhar.

No início deste mês, a fabricante norte-americana de ketchup Heinz pediu desculpas aos consumidores chineses depois de recolher do mercado cereais infantis por causa de níveis excessivos de chumbo.

No mês passado, o McDonald's e a Yum Brands, empresa ligada à KFC, se envolveram em um escândalo depois que se descobriu que um fornecedor com base na China tinha usado carne vencida e datas de produção de alimentos falsificados.

(Reportagem de Adam Jourdan)