Assine o Estadão
assine

Internacional

terrorismo

Polícia belga invade casas em Bruxelas e prende 10 suspeitos de ligação com o EI

Pessoas seriam suspeitas de operarem uma rede de recrutamento para os jihadistas; policiais apreenderam equipamentos de informática e telefones celulares

0

O Estado de S. Paulo

16 Fevereiro 2016 | 09h52

BRUXELAS - A polícia belga invadiu casas em Bruxelas nesta terça-feira, 16, e prendeu 10 pessoas suspeitas de operarem uma rede de recrutamento para o grupo militante Estado Islâmico (EI).

"Nossa investigação aponta para várias pessoas que foram para a Síria se juntar ao EI", disseram os procuradores federais belgas em comunicado.

Nove batidas policiais foram feitas em quatro subúrbios, incluindo Molenbeek, vizinhança que tem concentrado muitos extremistas.

Segundo a procuradoria, policiais apreenderam equipamentos de informática e telefones celulares.

Um juiz decidirá ainda nesta terça-feira se os suspeitos serão acusados. formalmente. As batidas realizadas hoje não têm ligação com os ataques ocorridos em Paris em novembro.

A Bélgica tem um dos maiores índices per capta de participação de cidadãos em grupos militantes como o Estado Islâmico na Síria e no Iraque. /REUTERS e ASSOCIATED PRESS

Comentários