Polícia peruana apreende cocaína levada em mulas nos Andes

Após troca de tiros com guerrilheiros armados do Sendero Luminoso, comboio foi interceptado.

BBC Brasil, BBC

11 Novembro 2009 | 12h12

Após uma intensa troca de tiros, a polícia antinarcóticos do Peru interceptou um carregamento de cocaína que estava sendo levado por mulas através dos Andes peruanos.

Segundo as autoridades, a carga estava sendo levada por oito mulas e protegida por membros fortemente armados da guerrilha marxista Sendero Luminoso.

"É a primeira vez que interceptamos um carregamento de drogas que estava sendo transportado por mulas e vigiados por membros do Sendero Luminoso fortemente armados", disse o chefe da polícia antinarcóticos peruana, Tedy Barta.

Cinco pessoas foram presas na operação, realizada na região de Huanuco. Entre as apreensões, estavam 350 quilos de cocaína, armas e equipamentos de comunicação.

Os investigadores suspeitam que o carregamento estivesse sendo levado para a costa peruana, de onde seria exportado para os Estados Unidos e a Europa.

O Peru é, junto com a Colômbia e a Bolívia, um dos maiores produtores e exportadores mundiais de cocaína - uma atividade que, segundo a Organização das Nações Unidas, aumentou 4% no país no ano passado. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
peru drogas narcóticos cocaína tráfico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.