Powell exige cessar-fogo no Oriente Médio

O secretário de Estado dos EUA, Colin Powell, exigiu nesta sexta-feira "o fim incondicional da violência" no Oriente Médio e pediu a líderes de todo o mundo que apóiem o apelo norte-americano. Deplorando a escalada do derramamento de sangue entre israelenses e palestinos, Powell disse que talvez os "grupos terroristas" tenham passado do limite. Mas sublinhou: "O que precisamos agora, mais do que qualquer outra coisa, é o fim de toda a violência." Powell disse que líderes do Oriente Médio e de outras partes do mundo precisam falar de forma mais direta contra a violência e "fazer tudo o que for possível para controlar as paixões" nesta conturbada região.

Agencia Estado,

18 Maio 2001 | 20h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.