1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Premiê do Iraque acusa curdos de abrigarem extremistas

Agência Estado

09 Julho 2014 | 11h 22

O primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, disse que a região autônoma curda no norte do país tem abrigado extremistas islâmicos e outros militantes sunitas que iniciaram uma grande ofensiva contra as forças do governo no último mês. Ele não deu mais detalhes sobre o assunto nem forneceu quaisquer provas dessas acusações, mas os comentários devem dificultar ainda mais a relação já tensa do governo central com os curdos.

A força de segurança curda conhecida como "os peshmergas" tem entrando constantemente em confronto com os militantes sunitas nas últimas semanas, que fazem parte do grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL). Dezenas de milhares de civis iraquianos deixaram as áreas controladas pelos curdos nos últimos dias, para escapar do confronto. Fonte: Associated Press.