Premier palestino diz que não usará força contra militantes

O primeiro-ministro palestino, Mahmoud Abbas, disse nesta terça-feira que não usará força para desarmar os grupos de militantes palestinos, apesar das pressões feitas nesse sentido pelos EUA e Israel. Depois de se reunir no Cairo, Egito, com o secretário-geral da Liga Árabe, Amr Moussa, Abbas foi interrogado pelos repórteres sobre se iria forçar o desarmamento de grupos como o Hamas e a Jihad Islâmica - condição imposta por Israel para retirar retirar suas forças de mais cidades palestinas.

Agencia Estado,

22 Julho 2003 | 15h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.