AFP PHOTO / JUAN RUIZ
AFP PHOTO / JUAN RUIZ

Presidente colombiano anuncia retomada de negociações com o ELN

'Dei instruções ao chefe da equipe negociadora, Gustavo Bell, para que viaje a Quito e reative a mesa de diálogo', diz Juan Manuel Santos

O Estado de S.Paulo

12 Março 2018 | 15h08
Atualizado 12 Março 2018 | 16h04

O presidente Juan Manuel Santos anunciou nesta segunda-feira a retomada dos diálogos de paz com o Exército da Libertação Nacional (ELN), a última guerrilha ativa na Colômbia, interrompidos desde  10 de janeiro por causa de uma intensificação do conflito.

+ Candidato à presidência colombiana diz que Maduro é responsável pela morte de 5 soldados

"Dei instruções ao chefe da equipe negociadora, Gustavo Bell, para que viaje a Quito e reative a mesa de diálogo", assinalou o chefe de Estado em um comunicado.

 

“Pensando na vida, em salvar vidas, em conseguir uma paz completa para a Colômbia, decidi retomar os diálogos de paz com o ELN”, disse Santos em declaração na sede da Presidência. “Para este fim eu dei instruções ao chefe da equipe de negociação, Gustavo Bell, para viajar a Quito e reativar a mesa de diálogo.”

Santos anunciou a retomada do diálogo depois que o grupo rebelde declarou uma trégua unilateral que permitiu que as eleições legislativas e as consultas presidenciais do fim de semana transcorressem em paz. / AFP  e REUTERS

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.