Presidente iraniano diz que pode renunciar

O presidente iraniano, Mohamad Khatami, disse que renunciará se a população assim desejar, noticiou neste sábado um jornal local. Segundo a publicação, a frase foi dita durante um discurso em Karaj, mas a televisão e a rádio estatais do Irã censuraram a parte referente a possível renúncia. Khatami foi eleito em maio de 1997. Nos últimos meses, vários protestos aconteceram contra o governo de Khatami. A população exige que o presidente cumpra suas promessas de campanha, baseadas na mudança democrática do país, no aumento da liberdade aos iranianos e na posição firme contra os setores extremistas do Irã, liderado pelo aiatolá Ali Khamenei.

Agencia Estado,

12 Julho 2003 | 05h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.