Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » Primeira-ministra inicia tour pelo Reino Unido antes de formalizar Brexit

Internacional

Geoff Caddick/EFE

Primeira-ministra inicia tour pelo Reino Unido antes de formalizar Brexit

Desafio é convencer Escócia e Irlanda do Norte a não buscarem independência do Reino Unido

0

O Estado de S.Paulo

20 Março 2017 | 06h34

LONDRES - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, visita o País de Gales nesta segunda-feira, dando início a um tour pelos países que compõem a monarquia. O plano é buscar engajamento da população antes de formalizar a saída da União Europeia.

Até o final deste mês, May deve acionar o Artigo 50 do Tratado de Lisboa, que prevê dois anos de reuniões antes da saída oficial do Reino Unido. O roteiro inclui visitas ao País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte para ouvir a opinião dos moradores.

O referendo do ano passado sobre o Brexit expôs divisões que podem ameaçar a unidade do Reino Unido. As populações da Escócia e Irlanda do Norte foram majoritariamente favoráveis à permanência na União Europeia, enquanto os ingleses e galeses votaram, em maioria, pela retirada do bloco.

Um dos desafios de May é a aproximação com a Escócia, onde a primeira-ministra Nicola Sturgeon disse, na semana passada, que vai apoiar uma nova votação pela independência do Reino Unido. Ela declarou ter encontrado “um muro de intransigência” em Londres ao buscar um acordo próprio sobre o Brexit na Escócia. May afirmou que este não seria o momento adequado para o pedido.

O maior partido nacionalista irlandês, o Sinn Fein, também quer realizar um referendo sobre a separação do Reino Unido “o mais rápido possível”. Nesta segunda-feira, Theresa May e o secretário responsável por negociar a saída da União Europeia, David Davis, têm encontro marcado com o primeiro-ministro do País de Gales, Carwyn Jones, e empresários para discutir como o país pode encontrar oportunidades com o Brexit.

“Desde o meu primeiro dia, deixei clara minha determinação para fortalecer e manter a preciosa união. Também deixei claro que, ao deixar a União Europeia, vou trabalhar para encontrar um acordo que funcione para todo o Reino Unido”, disse Theresa May, em comunicado antes da visita. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.