Doug Mills/The New York Times
Doug Mills/The New York Times

Procurador que investiga ingerência russa em eleição americana tem perguntas a Trump

Robert Mueller entregou aos advogados do presidente americano lista com 44 questões para entender relação dele com Moscou

O Estado de S.Paulo

30 Abril 2018 | 22h51

WASHINGTON - O procurador especial dos EUA, Robert Mueller, que investiga a ingerência russa na eleição americana de 2016, tem uma lista de perguntas para fazer ao presidente Donald Trump para determinar se houve obstrução de Justiça por parte dele, revelou nesta segunda-feira, 30, o jornal The New York Times. 

+ Promotora brasileira participa de cerco federal a Donald Trump

As 44 perguntas abordam temas como o envolvimento russo na campanha do republicano e o caso do ex-diretor do FBI James Comey, com as quais Mueller pretende entender melhor os laços pessoais de Trump e sua relação com Moscou – uma das perguntas é justamente se o presidente sabia que os conselheiros da campanha buscaram assistência russa. 

As questões mostram a linha que Mueller segue na investigação, sigilosa desde sua nomeação para o caso, há um ano. A lista foi entregue aos advogados do presidente e fornecida ao jornal americano por uma fonte de fora da equipe.

+ Trump é 'moralmente inadequado' para ser presidente, diz ex-diretor do FBI

Jay Sekulow, um dos advogados de Trump, se recusou a comentar o caso. Mueller deseja questionar o presindete sobre suas ameaças públicas, as declarações conflitousas dele e da Casa Branca, e encontros secretos entre russos e integrantes da campanha republicana. 

O procurador especial também deseja saber se Trump teve alguma discussão durante a campanha sobre qualquer encontro com o presidente russo, Vladimir Putin, e sobre sanções americanas a Moscou. / NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.